Como Escolher o Cinto de Tração Actual

qual cinto de tração escolher - presentation column

Sumário – Esta publicação irá ajudá-los a escolher o Cinto de Tração para Treinamento Resistido por Elástico mais apropriado para seu treinamento. Também esclarece quais suas funcionalidades para vocês escolherem aquele que melhor irá lhes atender!

Introdução

O cinto de tração tem basicamente a função de estimular a capacidade de arranque de um atleta. Conhecida por “explosão”, esta propriedade resulta na melhora da aceleração e força de deslocamento do usuário.

O treino estacionado era inicialmente praticado sobre uma superfície de areia. O equipamento nada mais era que uma câmara de pneu envolvendo a cintura do atleta, e atada a um poste. Este, na verdade, ainda é um dos melhores treinamentos com a tração!

Uma versão deste treino básico é a reproduzida na imagem abaixo, já com um cinto de tração Actual Individual com elásticos de 1 m (em descanso).

Com o passar do tempo os treinos tracionados tornaram-se cada vez mais sofisticados, e surgiu a necessidade do equipamento acompanhar a demanda dos preparadores físicos. Por isso nós introduzimos modelos com elásticos mais extensos, e ainda para dois ou mais usuários.

tração prata montagem com 5 jogadores em W Prof Portella

Cinto de Tração Série Prata – montagem de um treino combinando cinco jogadores numa formação em W

Então, qual seria o melhor equipamento para o treino que desejo praticar?

A escolha depende essencialmente da atividade praticada, o ambiente (local) onde será utilizado, o espaço para treinamento disponível e os objetivos a serem alcançados.

Veja abaixo as características de cada um dos cintos de tração fabricados pela Actual®.

Principais Modelos

 

Cinto de Tração Individual

O primeiro cinto de tração elástica que montamos em 1998 foi o modelo para o treino sobre a superfície de areia e atado ao poste, que atualmente chamamos de Cinto de Tração Individual Original.

cinto de tração Actual modelo individual

Cinto de tração Actual modelo individual Original

  • Atividade – Exercícios de explosão e arranque, corrida estática, deslocamentos de percurso curto no sentido frontal, posterior e lateral, em distâncias equivalentes a um passo.
  • O cinto de tração individual pode ser utilizado em qualquer lugar. Basta que você tenha pelo menos um trajeto de 3 m para se exercitar.

Falando do cinto, ele é um componente fabricado em tecido sintético. Possui um feixe de elásticos conectados a um adaptador de poste ou espaldar, que tem a função de prender o equipamento a um ponto estático.

instalando cinto de tração individual no corpo

O equipamento provou-se extremamente eficiente nos exercícios de fortalecimento do core.

Por esta razão, foi rapidamente adotado para ser usado em praticamente todos os treinamentos esportivos.

A partir de então, os preparadores físicos começaram a desenvolver mais e mais aplicações de treinamento tracionado, o que passou a demandar diferentes comprimentos dos elásticos.

Apresentação do Cinto de Tração Actual individual em um curso de preparadores físicos proferido pelo prof. José Roberto Portella na FPF


Cinto de Tração Individual Lateral

CINTO DE TRAÇÃO LATERAL - LONGOS PERCURSOS E GOLEIROS

Cinto de tração modelo lateral – longos percursos e goleiros

O Cinto de Tração modelo Lateral foi desenvolvido para treinos que exploram o deslocamento pelos lados, como no caso do goleiro, tenista ou jogador de voleibol.

Disposição das abas do cinto de tração serie prata

Disposição das abas do cinto de tração serie prata

Seu grande diferencial, é que o cinto contém dois flancos de onde saem os elásticos. Desta maneira, é permitido que a tração ocorre em direções oblíquas, e não somente para frente ou para trás.

CINTO DE TRAÇÃO LATERAL ACTUAL EM TREINAMENTO DE GOLEIRO

Cinto de Tração modelo Lateral em treinamento de goleiro. Prof. Beto Portella (@beto.portella)

Outro treino bastante comum é o de deslocamento de longo percurso, onde a tração elástica ocorre de maneira mais lenta e progressiva, e não tão abrupta como no cinto individual convencional.

Treino tracionado com elásticos de longo percurso

Treino tracionado com elásticos de longo percurso

  • Atividade praticada – Exercícios de explosão e arranque, corrida estática, deslocamentos curtíssimos frontais, posteriores, laterais e oblíquos.
  • O cinto de tração lateral pode ser utilizado em ambientes que disponham de pelo menos um trajeto de 6 m para se exercitar.

Variações do comprimento do Cinto de Tração Individual

A medida que aumentamos o comprimento do elástico, o percurso resistido é maior, porém a percepção de resistência é mais cadenciada. Quando o elástico é curto, a resistência é quase que instantânea.

Testamos alguns comprimentos, e chegamos a uma curva de resistência que, independente do tamanho do elástico, em termos percentuais obedece à escala abaixo:

Curva de resistência do elástico para tração padrão

Curva de resistência do elástico para tração padrão

Cada elástico esticado em 50% do percurso de alongamento oferece a resistência de 1,5Kgf.

Deslocando 75% do percurso, a resistência aumentará para 2,5Kgf.

Finalmente a 100%, atinge a força máxima calibrada, que é de 5,5Kgf.

Graças a este exclusivo cabo de segurança, o elástico não irá sofrer mais esforço. O que ocorre é que partir deste ponto o cabo interno de segurança estará resistindo à força aplicada.

Alongamento do Elástico – Medidas Convencionadas

Como dito, cada elástico Actual® é calibrado para atingir a carga máxima de 5,5 kgf.

Uma sequência de 4 elásticos montados no cinto de tração, tem uma carga de 4 x 5,5 = 22 kgf

Veja abaixo as diferentes distâncias percorridas, conforme o comprimento do elástico do descanso até a aplicação da carga máxima, de 5,5 kgf:

diagrama da extensão dos elasticos mais comuns da Actualsports

Ilustração das diversas faixas de extensão dos elásticos da Actual®

A: Elástico em descanso com 60 cm; Estica até 210 cm

B:  Elástico em descanso com 100 cm; Estica até 350 cm

C: Elástico em descanso com 150 cm; Estica até 525 cm

D: Elástico em descanso com 200 cm; Estica até 700 cm

E: Combinação de 2 elásticos de 200 cm (400 cm em descanso), estica até 1400 cm

Em várias situações de treinamento, o preparador tinha interesse em tracionar o atleta através da propriedade elástica em um percurso ainda mais longo que os da tabela acima. Ocorre que nem sempre isso era possível, porque a extensão desejada às vezes era tão grande que o elástico em descanso teria de ser enorme – incorrendo em custos indesejados. Outro problema com feixe de elásticos muito extenso é o seu peso, o que viria a interferir no resultado do exercício.

Por isso passaram a colocar no terminal dos elásticos um objeto de bastante peso, suficiente para tracionar o atleta e depois de um determinado esforço deslocar com o atleta. Como exemplo, podemos citar trenós, anilhas, sacos de areia entre outros recursos. Desta maneira, o usuário era tracionado em um percurso indefinido, e a carga elástica era percebida não só no arranque, mas a cada desacelerada e re-acelerada que ele teria de dar.

atleta do prof Lydio de Souza Indonesia com tração Actual combinada com anilha - treino de sled

Atleta do prof Lydio de Souza, Indonesia (@lydiodesouzaoficial) – tração combinada com anilha – treino de sled


 

Cinto de Tração Duplo

Cinto de Tração Duplo Actual Original

Cinto de Tração Duplo Actual Original

A medida que os preparadores buscavam treinos onde o percurso fosse mais extenso, surgiu a ideia dele controlar a aplicação de carga, pois assim ele sentia o quanto o atleta teria de dispender de força no arranque.

Caso o preparador simplesmente segurasse o elástico, no caso dele soltar o elástico acidentalmente, certamente causaria um acidente no companheiro.
Assim nasceu o modelo duplo, onde o preparador físico é preso a um cinto no lado oposto do sistema.  Esta solução permite que ele controle o esforço de forma eficiente e com muita segurança.
O cinto de tração duplo convencional tem as medidas de alongamento combinada com tração para curto percurso. Assim facilita a utilização em quadras, cuja dimensão é curta. Imagem de treino em ginásio do Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, no Ibirapuera, São Paulo, Brasil.

Cinto de tração duplo convencional.

Assim sendo, a eficiência do trabalho depende do entrosamento entre os usuários, especialmente aquele que controla a tração do companheiro.

Neste modelo, o comprimento do elástico não precisa ser muito extenso, porque o atleta a reboque acompanha o percurso. O comprimento normal de 60 cm em descanso, ou o de 1 m em descanso são suficientes para esses treinos.


Cinto de Tração Série Prata

cinto de tração serie prata Elite Actual

Cinto de tração Serie Prata

Este modelo duplo agrega as vantagens do cinto lateral, que tem os elásticos saindo pelos flancos, permitindo a montagem individual ou dupla. É o modelo preferido para os atletas de elite!

tracao serie prata Actual treino com elasticos no futebol e esportes coletivos

Tração Série Prata Actual em atividade apresentada em curso de futebol profissional

 

Cinto de Tração Start

CINTO DE TRAÇÃO ACTUAL MODELO START 2 OU 3 ELÁSTICOS

Cinto de tração Actual modelo Start, com dois ou três elásticos

O cinto de tração Start é ideal para aqueles usuários que não demandam uma resistência elástica muito alta do equipamento.

É uma ótima opção para treinamentos com gestos esportivos, por exemplo, combinados com bola, raquete ou outros acessórios.

Também é bastante útil para introdução de treinamento tracionado com usuários iniciantes, jovens ou em situação de recuperação na fase de fisioterapia.

Dispomos nas opções individual e duplo, com dois ou três elásticos. Além destas alternativas, o preparador ainda pode substituir os elásticos de 60 cm originais por maiores, ou combiná-los para aumentar o comprimento.

 


Desculpe, mas este post ainda está em construção e é passível de revisões.

Continue visitando esta página,  e não perca as novas informações!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.